terça-feira, 30 de março de 2010

O que eu não gosto é do bom gosto
Eu não gosto de bom senso
Eu não gosto dos bons modos
Não gosto.

Adriana Calcanhotto

segunda-feira, 29 de março de 2010

Eu não consigo ver por trás desses óculos fundo de garrafa, essa sua calmaria, quem você realmente é? Parece um ser de outro mundo que veio trazer o absurdo no cais dessa imensidão do ser.

domingo, 28 de março de 2010

O que seria dos meus dias se não houvesse loucuras após a meia noite

A noite ou melhor dizendo a madrugada fez efeito. O que seria dos meus dias se não houvesse as loucuras após a meia noite. Aquela noite que parecia um desastre e ao mesmo tempo um êxtase total. Nada se tinha, tudo era de todos, a bebida, os cigarros, os sexos. Só me fez ver que meu mundo é restrito a aquilo que só as coisas ditas "normais" podem acontecer. O meu ventre gela ao pensar que o beber me fez mudar o rumo da minha noite, que era para se outra. Mas foi tão boa que não me arrependo de ter vivido os segundos daquela intensa e talvez perigosa madrugada.

quarta-feira, 24 de março de 2010

domingo, 14 de março de 2010

O tempo me transcorre aqui assistindo domingão do Faustão. O tempo não para e eu aqui assistindo se vira nos trinta. De trinta em trinta passa a minha vida. Passa sem freios, veloz feito águia, rastejando, fria, latente. E o BBB com o amor irreverente, puro marketing inocente, me poupa de viver. Foda-se a TV!